Marcelo Jácome, artista visual, nasceu em 1980 no Rio de Janeiro cidade onde vive e trabalha. É formado em  arquitetura e urbanismo pela Universidade Santa Ursula (RJ) e frequentou a Escola de Artes Visuais do Parque Lage (RJ) tendo como professores Gloria Ferreira, Iole de Freitas, João Magalhães e Luis Ernesto.

 

Proveniente de uma vontade construtiva e do apreço pelo fazer, a obra de Marcelo ocorre a partir da noção do campo ampliado. Suas experiências se manifestam em um lugar entre a pintura, a arquitetura, o desenho e o objeto - o que o possibilita a oferecer ativações espaciais e instalações imersivas que, segundo sua lógica, servem como ferramentas de "descondicionamento no espaço-tempo do interlocutor."

 

O artista considera  a cidade como campo de pesquisa e entende a malha urbana como instância de incessantes manifestações estéticas. Utilizando um repertório material proveniente do comércio popular, propõe agenciamentos formais, cromáticos, literais e simbólicos dos artefatos que decide trabalhar.

 

Indicado ao Prêmio Pipa em 2014, tem participado de exposições no Brasil e exterior.  Sua obra já foi exibida em espaços e instituições como Fundação Calouste Gulbenkian em Lisboa (PT), Saatchi Gallery em Londres (UK), Fundação Brasilea em Basel (CH),  Museu do Açude no Rio de Janeiro (BR) e participou de projetos e collabs junto a marcas como Nike/Nikelab, Royal Caribbean, FARM Rio, Cidade Matarazzo, Jardin D'acclimatation, 700'000 Heurs, Art Rio, entre outras.